2220 Views |  1

Depilação é coisa de macho, sim!

depilacao masculina
  • Facebook
  • Google+
  • Pinterest
Nao é primeira vez que me deparo discutindo sobre isso com algum amigo, e dessa vez nao foi diferente quando decidi escrever pra vocês homens sobre Depilação.

Cada vez mais homens estão aderindo à depilação, com lâmina de  barbear, cera, creme deiplatório, máquina de cortar pelo e até laser.

Pelos no peito, abdômen, costas, pernas, orelha, nariz e até virilha é coisa do passado para muitos homens. Se cuidar é, sim, coisa de macho. Não é segredo para ninguém que os homens estão ficando mais vaidosos e consumindo produtos e serviços, que agora são vistos até como essenciais. E é nesse novo contexto de preocupação com aparência e higiene pessoal que a depilação masculina ganha espaço. Alguns homens procuram pela depilação com o intuito de agradar suas parceiras, mas com os benefícios percebidos isso vira de fato um hábito. Os homens mais velhos procuram pelo serviço em áreas como o nariz e orelhas. Já os mais jovens estão mais preocupados com o efeito estético, depilando tórax, abdômen e costas, locais que têm uma musculatura normalmente mais trabalhada.

depilacao-masculina-depyl
  • Facebook
  • Google+
  • Pinterest
 A lâmina é o método mais usado pelos homens, é bom e barato e não causa dor, mas é proibida para quem tem alergia a níquel.

Fugindo das lâminas há a opção do creme depilatório. É super prático porque basta deixar o creme pelo tempo indicado e pronto! Entretanto, vale ressaltar que alguns cuidados são necessários e escolha do produto é fundamental para evitar lesões químicas. 

creme-depilatc3b3rio-homem
  • Facebook
  • Google+
  • Pinterest

Já a cera tem a vantagem de fazer com que os pelos demorem mais para crescer, porém é um processo doloroso. Para garantir comodidade ao público masculino as clínicas e os salões costumam reservar um espaço separado para os homens. Também há diversos profissionais, dos dois sexos, que fazem atendimento à domicílio. 

Depilação-Masculina-450x337
  • Facebook
  • Google+
  • Pinterest

A depilação a laser é uma opção prática, mas por ser definitivo é preciso ter certeza do desejo de eliminar de vez os pelos ou de modo que os mesmos não voltem a crescer por cerca de três anos, motivo pelo qual esta solução é ideal para quem sofre com a grande quantidade de pelos que crescem em um curto espaço de tempo quando são removidos com gilete ao invés de cera. Os motivos variam da falta de dinheiro, da falta de habilidade, da aversão à dor e da alergia à cera, fazendo com que muitas pessoas optem pela gilete, que engrossa a espessura dos pelos. 

374191-depilacao-masculina-1
  • Facebook
  • Google+
  • Pinterest

Decidi concentrar aqui nesses dois métodos de depilação, que sāo mais indicáveis e mais eficazes;

O Laser

Não há contraindicações para a realização deste tratamento, mas é necessário abortar uso de pomadas com ácidos durante todas as sessões de depilação a laser. Para que os resultados sejam satisfatórios em peles brancas com pelos escuros e grossos, são requeridas cerca de quatro sessões, mas o tratamento pode ser interrompido antes caso os pelos já tenham deixado de crescer. Já as peles brancas com pelos loiros ou ruivos não surtem efeito através da depilação a laser. O tratamento estético em questão também não é indicado para peles negras com os pelos escuros, nem grossos e nem finos.

O laser é uma luz com feixe reto, focado especificamente para a célula alvo. A intensidade de sua onda atinge as células germinativas da raiz dos pelos, o que o torna mais eficaz, já que impossibilita durante muito tempo que o pelo nasça e cresça.

depilação-laser
  • Facebook
  • Google+
  • Pinterest

Para iniciar as sessões, o paciente deve abortar métodos depilatórios que arrancam pelos pelas raízes, optando pela gilete e pelo creme para efetuar a manutenção quando surgir uma ocasião especial. A ponteira do aparelho de depilação a laser deve entrar em contato com os pelos da região desejada de modo que os mesmos tenham recém despontado para fora da superfície da pele. Assim, o tratamento vai atingir os indesejáveis folículos no bulbo capilar, rompendo o pelo e debilitando a glândula produtora do mesmo. Sem forças para crescer ou permanecer na epiderme, os pelos simplesmente caem da pele alguns dias depois. Estes pelos não caem de forma notável como fazem os cabelos, sendo que a queda ocorre, por exemplo, durante o banho ou esfoliação da pele. Uma única sessão do tratamento estético de depilação a laser já é suficiente para enfraquecer os folículos pilosos em questão, mas são necessárias outras fases, pois progressivamente, os fios vão afinando e tornando-se mais acinzentados do que pretos. Além disso, a cada sessão do tratamento estético, os pelos passam a crescer em um espaço de tempo maior até chegar o momento em que os mesmos não irão mais apontar para fora da superfície da pele.

Para que você possa passar os anos desejados sem que as glândulas voltem a produzir pelos na região escolhida para tratamento, é importante seguir algumas recomendações essenciais. Após as sessões de depilação a laser é normal a região ficar dolorida ou avermelhada. O efeito passa após alguns minutos e você não deve aplicar cremes para não inflamar.

Luz Pulsada ou Fotodepilação

A depilação com luz pulsada também é amplamente utilizada em outros casos, como, por exemplo, a falta de habilidade para lidar com a cera, a alergia da gilete e da cera e a aversão à dor dos métodos depilatórios, além de uma sessão ser simplesmente mais barata do que a depilação com laser. Não há contraindicações para a realização deste tratamento estético.

É feita com uma luz difusa, não tão específica. Trata-se de um método realizado com luz pulsada de baixa intensidade, com vários comprimentos de onda, e outras luzes não-laser, que têm efeito de enfraquecer e debilitar o pelo e seu bulbo, mas não têm a capacidade real de destruir as células germinativas da raiz dos fios. Por isso a necessidade de manutenção nas áreas já depiladas é bem maior do que com o laser por exemplo.  Ela promove o enfraquecimento dos pelos indesejáveis de modo que os mesmos demorem cerca de um ano para voltarem a crescer. Para que os resultados sejam satisfatórios, as peles brancas com pelos escuros e grossos são requisitos. É que os pelos loiros e os ruivos, ambos finos ou grossos, bem como as peles negras com pelos escuros e grossos, não alcançam resultados satisfatórios neste tipo de tratamento.

Depilação-Masculina-a-Luz-Pulsada
  • Facebook
  • Google+
  • Pinterest

Tipo de pelo e de pele mais adequado a cada método:

Os pelos grisalhos, brancos, loiros e ruivos são muito resistentes ao tratamento de luz pulsada ou fotodepilação e deve-se à total ausência de pigmentos escuros nestes tipos de pelos. Quanto maior o contraste entre a pele e o cabelo, melhor o resultado conseguido na remoção dos pelos. O laser, no geral, é mais eficaz para todos os tipos de pele, mesmo assim em alguns casos pode ser necessário um número maior de sessões se os pelos forem muito finos, claros demais ou se a pele for mais morena ou bronzeada. A fotodepilação, por sua vez, não deve ser feita nas peles muito morenas, mulatas ou negras, pois existe o risco de provocar manchas irreversíveis, Os melhores resultados dos tratamentos de fotodepilação são conseguidos com os cabelos escuros e a pele branca. Nos tratamentos aplicados em peles sensíveis ou demasiadamente escuras, pode haver queimaduras e cicatrizes.

Quando se trata de peles negras, é preciso muita cautela, pois o laser e a luz pulsada têm afinidade pela melanina do pelo, isto é, fios escuros atraem a energia; porém, quando a pele também é escura dificulta o processo e aumenta o risco de queimaduras e cicatrizes. A luz pulsada pode ser utilizada em peles morenas, mas não é recomendada para as negras. O risco de queimadura é grande. Entretanto, se o profissional que faz o procedimento for um dermatologista ele vai saber tratar e lidar com as eventuais complicações. Já o laser de diodo é o método mais seguro para este tipo de pele por causa do comprimento de onda da luz pulsada. O laser é direcionado para a melanina da raiz do pelo e ajustamos o pulso do disparo para pulso longo e assim é possível proteger a pele mais escura. Já a luz pulsada não tem esse ajuste tão fino além de atingir a melanina da pele e outros alvos como hemoglobina também.

depilacao-masculina (1)
  • Facebook
  • Google+
  • Pinterest

Mas e os resultados?

Tanto da depilação a laser quanto da fotodepilação ou depilação a luz pulsada são relativos e variam dependendo do caso. É muito individual e depende de algumas variáveis como, por exemplo, da região do corpo em questão, do tipo de laser empregado, da produção de hormônios, da cor da pele e da cor dos pelos, Em média, o bloqueio do nascimento dos pelos, retirado com laser, pode durar de três a cinco anos. Já, a estimativa de duração para a fotodepilação ou luz pulsada é de um ano, em média, sendo preciso considerar diversos fatores subjetivos, que tornam esse cálculo variável esse prazo vai depender do aparelho utilizado para a remoção dos pelos ja que no mercado encontramos aparelhos mais “fortes” e mais “fracos”. Os mais fracos, normalmente, exigem mais sessões e implicam, muitas vezes, em uma redução de curto prazo dos pelos, ou seja, provocam apenas um retardamento no crescimento dos mesmos.

Cuidados:

Tanto na depilação a laser, a fotodepilação ou a luz pulsada, os profissionais da área da beleza recomendam que se deve abortar o uso de métodos depilatórios que arrancam os pelos pelas raízes após escolher a depilação com luz pulsada, a gilete não está inclusa, pois apenas corta os mesmos. Usar a cera, a pinça ou a máquina elétrica fará você jogar todo o seu dinheiro fora. Ocorre que o tratamento estético debilita a glândula protetora de pelos da região que você escolheu, evitando assim que a mesma produza novos pelos até se reconstruir, após um ano. Ao arrancar um folículo pela raiz, você acaba incentivando a glândula a trabalhar.

Antes de iniciar o tratamento, evite:

– Ter a pele bronzeada. Apesar de existirem métodos que se pode aplicar neste caso, a eficácia será menos, o que implicara um maior número de sessões, tornando o tratamento mais dispendioso. A exposição solar antes e durante todo o tratamento. Em zonas do corpo em que é impossível evitar essa exposição (corpo, mãos) é obrigatório o uso de protetor solar com alto índice de proteção.

– Iniciar o tratamento se a pele a tratar se encontra lesada (irritações, queimaduras, feridas, etc.) ou Tratamentos de pele invasivos ou peelings na pele tratada.

Antes de iniciar o tratamento, deve:

– Usar exfoliante uns dias antes de cada sessão, para que o acesso à raiz esteja facilitado.

– Depilar a zona a tratar com uma lâmina. Também pode usar um creme depilatório suave.

 Após cada sessão, deve:

– Aplicar uma loção calmante e hidratante, e repetir o procedimento nos três dias seguintes.

– Aplicar protetor solar de elevado índice se se tratar de uma zona exposta às radiações solares.

– Evitar a prática desportiva no dia da sessão, de modo a não irritar a pele tratada com o próprio suor.

– Evitar nadar em piscina ou mar, no próprio dia.

Após cada sessão, o aspeto da pele tratada apresenta-se sem alteração visível. É normal que sinta um ligeiro incómodo, principalmente em zonas mais sensíveis como as virilhas ou o rosto.

A pele poderá apresentar-se ligeiramente vermelha, mas será uma reação temporária (desaparece em 24h).

O que elas, ou melhor, nós pensamos de tudo isso? 

Eu particularmente não acho que você deva tomar alguma decisão pensando em outra pessoa a não ser no seu próprio bem-estar, você tem que pensar o que prefere o que te faz sentir melhor.  Maaaaasssss ….

As preferências podem variar de mulher pra mulher, mas é praticamente unânime que pêlos atrapalham. Do mesmo modo que elas se depilam para vocês, gostam que estejam aparados para elas.

Numa pesquisa realizada com 100 mulheres de 18 a 34 anos, 6% não liga para a quantidade de pêlo concentrada lá; 59% prefere os pêlos curtinhos, sejam aparados com máquina ou com tesoura; e os 35% restantes gostam lisinhos, seja com lâmina, cêra ou máquina zero. 

gráfico_depilação12
  • Facebook
  • Google+
  • Pinterest

Apará-los ou eliminá-los  é uma solução bem higiênica (e convenhamos, estética).

Não se esqueça – com o perdão da palavra – dos pêlos do saco. Muitas mulheres não incluem as queridas bolinhas no sexo oral por motivos óbvios. Pêlos na boca são desagradáveis, fora que interromper o serviço para tirá-los … Ah pára, não dá!

Não tenha medo, Mulher não tem preconceito com isso, o que vale é se cuidar, e a prática leva à perfeição fique sossegado se você nunca se aventurou a cuidar desses pêlos, tem sempre uma primeira vez. Vá com cuidado para não se cortar, estique a pele dos testículos e caso faça qualquer corte, antes de casar sara!

E aí? Vai de estilo comendador ou estilo ronaldinho? 😛

#AgathaLupo #Testosterona #homens #Depilação