Sobre o Âmbar

 

Conheça o Âmbar Báltico

O âmbar báltico é uma resina fóssil orgânica formada há 50 milhões de anos por pinheiros  da Escandinávia estes pinheiros começaram a produzir grande quantidade de âmbar devido à um aumento na temperatura ambiente naquela época, e todo esse âmbar foi carregado para o Mar Báltico e se concentra principalmente na região da Lituânia. Furacões, granizo e tempestades na região  levaram as resinas para o mar e se tornaram fossilizadas.

Âmbar existe em vários países, mas só essa região báltica detém cerca de 90% de todos os depósitos mundiais de âmbar de alta qualidade. Significa que o âmbar báltico é muito mais precioso, valioso, raro benéfico e eficaz do que qualquer outro tipo de âmbar. Além de ser milenar, o âmbar báltico é a única resina fóssil no mundo que contém de 3 a 8% de ácido succínico, uma substância naturalmente terapêutica muito eficaz no combate à inflamações e melhoras no sistema imunológico. Em contato com o calor da pele que absorve tal ácido através da corrente sanguínea então inicia-se o processo terapêutico.

O ácido succínio, é um poderoso antioxidante , substância médica cientificamente examinada, ajuda a combater os radicais livres e alcalinizar o sangue. O ácido succínico também pode estimular a recuperação do sistema neural e reforçar o sistema imunológico, combatendo inflamações, amenizando  dores e reduzindo o estresse.   Um dos grandes motivos das mães gostarem tanto dos efeitos do âmbar báltico é que o ácido succínico também atua como um poderoso relaxante neuromuscular, além de ter propriedades analgésicas e anti-inflamatórias. A maior parte do ácido encontra-se na camada externa da “pedra” de âmbar, por isso especialistas dizem que os modelos de acabamento bruto são mais eficazes.

Investigações científicas recentes revelaram também que o ácido succínico tem uma influência muito positiva sobre o corpo humano. O ácido succínico foi analisado pelo ganhador do Prêmio Nobel, Robert Kock, que confirmou sua influência positiva e descobriu que não há risco de acumulação de quantidades excedentárias deste ácido no organismo humano.

Como este tratamento natural vem se expandindo cada vez mais, principalmente na América e Àsia, hoje existem inúmeras falsificações de âmbar báltico no Brasil e no mundo. Muitos fornecedores irresponsáveis comercializam produtos de imitações ou até mesmo âmbar jovem como copal de outras regiões do mundo (principalmente da República Dominicana e ate EUA) por um valor muito mais acessível ao consumidor. Não é de se entranhar que ultimamente cresceu muito o número de fornecedores de “âmbar” no mundo todo.

Curiosidades do Âmbar Báltico 

Nos anos de 1855 à 1890 foram encontrados na Lithuania muitos artefatos, amuletos e acessórios de âmbar pertencentes a era neolítica, ou seja, existe o registro histórico de que esses homens da idade da pedra já utilizavam o âmbar báltico para confecções de amuletos e adereços. Com mais sofisticação de metais, as jóias de âmbar báltico tem sido feitas desde antes de Cristo. Na Roma Antiga, o âmbar foi chamado de “O Ouro do Norte” justamente por ser considerado um produto de grande valor. No inicio do século XX o âmbar era sinônimo de riqueza em toda Europa, e é desta época que se criaram as primeiras fábricas de jóias de âmbar que confeccionavam jóias em grande escala criando diversos modelos.

Este material sempre esteve envolvido com crenças mágicas, por isto a sua constante presença em terços, talismãs e incensos para espantar espíritos negativos. Como acreditava-se muito em seu poder medicinal, o âmbar em pó era misturado com mel, por exemplo, para combater enfermidades como a asma e, até mesmo, a peste negra. Desta forma, na luta contra o “mal”, ele atuava também na esfera mística.

Geólogos, paleontólogos e biólogos sempre cultivaram um interesse pelo âmbar devido a esta resina fóssil está cravejada em insetos, lagartos e flores no período pré-histórico, que permaneceram imobilizados há milhões de anos. Registra-se que cerca de três mil espécies animais já foram encontradas fossilizadas no âmbar, das quais 85% são espécies já extintas – sendo que mil destas espécies são insetos.

Hoje em dia, faz muito sucesso o uso do colar de âmbar para bebes ou pulseira de âmbar que recebem cada vez mais reforço e segurança de acordo com as normas europeias por isso ê de extrema importância saber a procedência de seu âmbar. É praticamente impossível visitar a Europa e não ver nenhum bebê e criança que não utilize um colar de âmbar ou uma pulseira de âmbar.

Benefícios do Âmbar Báltico

Muito difundido, o âmbar báltico é utilizado pela medicina natural europeia há séculos!

Ele tem uma ligação forte com a terra e é uma “pedra” que aterra energias superiores.

Ele promove a revitalização dos tecidos, purifica o ambiente e os chakras e tem poder de proteção.

Do ponto de vista mental, o âmbar estimula o intelecto, ameniza a depressão e promove um estado mental positivo e a expressão curativa de nós mesmos.

Do ponto de vista emocional, o Âmbar inspira tranquilidade e aumenta a confiança.

No aspecto espiritual, o Âmbar promove a altruísmo e traz sabedoria.

Em bebês e crianças:

Calmante natural;

Analgésico e antisséptico (antiinflamatório) natural;

Estimula e melhora o sistema imunológico;

Alivia dores na fase de dentição;

Reduz processos inflamatórios, principalmente nas gengivas, garganta e ouvidos;

Auxilia a recuperação do corpo nos resfriados, gripes e febres.

Em adultos:

Analgésico e antisséptico (antiinflamatório) natural;

Estimula e melhora o sistema imunológico;

Auxilia no tratamento de artrites, tendinites e reumatismo;

Reduz processos inflamatórios, principalmente de garganta;

Auxilia na alcalinização do sangue, pois é um antioxidante;

Remove energias negativas e influências psíquicas de outras pessoas;

Age diretamente no 3º chakra (plexo solar) equilibrando as energias.

 Âmbar e o Chakras 

O Âmbar é um poderoso purificador e agente chákrico. Ele promove vitalidade e tem o poder de absorver a doença do corpo. Unimos os benefícios energético e terapêutico do Âmbar com o poder das cores do Chakras.

As cores chakras significa ” roda de luz “. Eles representam os centros de energia conectado com o nosso corpo; Cada um se conecta com um órgão do nosso corpo e representam nossa vibração tanto física quanto mental. A principal função do Chakras é absorver a energia do sol e conhecido pelo poder das pedras  no equilíbrio, limpeza e harmonização dos mesmos.

www.agathalupo.com.br

Pin It on Pinterest